QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 16 de Agosto de 2018
notícias
 Política
     
Vice-Governador chama Estado de atrapalhador:'Parece que só quer arrecadar'

imagem: reprodução


Um áudio atribuído ao vice-governador Carlos Fávaro (PSD) circula nas redes sociais neste fim de semana. Nele, Fávaro critica ação da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) em multar máquinas agrícolas sem nota fiscal no interior do Estado. “Não posso concordar com um Estado que quer inverter as coisas e atrapalhar o desenvolvimento a qualquer preço. Nunca defenderei a ilegalidade. Nunca defenderei criminosos em qualquer área", destaca a gravação. Na gravação, circulando através de vídeo, Fávaro chama o Estado de atrapalhador, pois em momento de colheita, tem apenas a intenção de arrecadar. “Não posso concordar com um Estado que quer inverter as coisas e atrapalhar o desenvolvimento a qualquer preço. Nunca defenderei a ilegalidade. Nunca defenderei criminosos em qualquer área. Um Estado que tem na força de sua economia a agricultura, a agropecuária, que alavancam o desenvolvimento, homens e mulheres estão trabalhando no momento da colheita, gerando empregos, e ter um Estado como atrapalhador, eu não posso admitir”, disse o vice-governador. O áudio tem gerado euforia em produtores do interior. O partido de Fávaro, o PSD, vem defendendo que ele deixe a base aliada do governador Pedro Taques (PSDB) e se candidate ao Governo nas eleições de outubro. "Um Estado que tem na força de sua economia a agricultura, a agropecuária, que alavancam o desenvolvimento, homens e mulheres estão trabalhando no momento da colheita, gerando empregos, e ter um Estado como atrapalhador, eu não posso admitir”, disse o vice-governador.


Fávaro, por enquanto, vem negando a intenção de sair da base de Taques e no áudio pontua a necessidade de fiscalização porém, afirmou não aceitar os altos valores cobrados dos produtores para o transporte entre propriedades.

 

Informações são conta de que as multas chegam a R$ 70 mil. O vice-governador disse ter já tratado do assunto com o secretário de Fazenda, Rogério Gallo. “Já falei com o secretário de Fazenda, manifestei minha indignação e pedi a ele que tome providências para que isso seja resolvido o mais rápido possível. Mantendo a legalidade, mas não atrapalhando o cidadão de bem do Estado. Caso ao contrário, desanima quem quer trabalhar, desanima quem quer fazer a riqueza desse Estado de acontecer”, concluiu Fávaro.

 

 

 





Fonte: ReporterMT
 0 Comentários  |  Comente esta matéria!
 Mais Política
09/08/2018
08/08/2018
07/08/2018
06/08/2018
 menos   1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
EDITADO 3
Enquete

Início   -   Eventos   -   Vídeos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conheça Juara
© 2018 - Juara Net