QUEM SOMOS   I   CONTATO

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Juara/MT - 26 de Setembro de 2018
notícias
 Juina
     
√ćndios de Juina revelam que assassinatos foram vingan√ßa por morte de √≠ndio

 CELLY SILVA


 

Em entrevista concedida por telefone à TV Band de Juína, dois indígenas da etnia Enawenê Nawê, revelaram que os assassinatos dos jovens Genes Moreira, 24, e Marciano Cardoso, 27, no dia 9 de dezembro, teria sido uma decisão tomada por toda aldeia, como resposta de vingança da família do índio Daliameali Enawenê, que foi baleado e morto em um confronto na  MT-170, em Brasnorte, em outubro de 2015, quando também ocorria um pedágio ilegal semelhante àquele em que os jovens foram capturados e levados para a morte.O índio identificado apenas como Ururu, disse que eles não pretendem entregar os executores dos tiros e pauladas que mataram Genes e Marciano.O carro em que os dois viajavam em direção à Vilhena, segundo eles, foi queimado e as armas, tanto a que estava com as vítimas, quanto às que eles compravam dos vendedores de carros roubados, foram apreendidas pela Polícia Federal, que não se pronuncia sobre o caso, que corre sob sigilo de Justiça.Sobre os carros roubados encontrados com os enawenê, eles se defendem dizendo que foram enganados pelos vendedores de Cuiabá e que todos os veículos foram entregues à Polícia.Os índios utilizavam as caminhonetes para ir às cidades vizinhas fazer compras e receber os auxílios pagos pelo governo federal. Mesmo sem os carros, eles não estariam passando necessidade, uma vez que dispõem de alimentos e medicamentos naturais, cultivados na própria aldeia. Além disso, um helicóptero do Ministério da Saúde visitou, recentemente o local para levantar a atual situação de saúde, principalmente das crianças.Com relação aos pedágios ilegais, o índio afirmou que eles continuarão realizando tal prática. Segundo ele, todo o dinheiro arrecadado é distribuído entre as famílias moradoras da comunidade.  A entrevista foi concedida pelos indígenas na noite da última terça-feira (12)

CASO X REVOLTA

Os dois rapazes foram sequestrados e mortos pelos indígenas após supostamente se recusarem a pagar pedágio ilegal na BR-174, na estrada que liga Juína à Vilhena, no dia 9 de dezembro.O clima de revolta ainda é grande em Juína. A população está inconformada com o fato de os índios ainda estarem em liberdade mesmo tendo confessado a autoria dos crimes e continuar controlando a rodovia, negando às pessoas o direito de ir e vir. Mesmo alguns índios que foram detidos com caminhonetes roubadas em Vilhena, no estado vizinho de Rondônia, nenhum deles foi preso porque pagaram a fiança de cerca de R$ 1 mil cada




Fonte: Reporter MT
 0 Coment√°rios  |  Comente esta mat√©ria!
 Mais Juina
07/08/2018
05/08/2018
03/08/2018
23/07/2018
29/06/2018
25/06/2018
14/06/2018
28/05/2018
24/05/2018
 menos  1   2   3   4   5   6   7   mais 
Artigos
EDITADO 3
Enquete


In√≠cio   -   Eventos   -   V√≠deos   -   Artigos   -   Empregos   -   O Povo Reclama   -   Recados   -   Conhe√ßa Juara
© 2018 - Juara Net